terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Natal e Freud, rsrsr!

O texto abaixo, publicado há bastante tempo na Folha, é de autoria de Voltaire de Souza, colunista do Folha de São Paulo. Trata-se de um pseudônimo utilizado por Marcelo Coelho, ensaísta, crítico e colaborador do jornal, autor de Vida Bandida.


Magia do Natal


Tempo de crise. Comércio nervoso. O sr. Beraldo tinha uma loja de artigos esportivos. "Neste Natal, precisamos de um marketing inovador". Contratou cinco morenas sensacionais. "Vocês ficam aqui. Vestidas de Papai Noel". Só um biquinizinho vermelho e branco. Entrou um rapaz chamado Gustavo. Sentou-se no colo da morena Kárin. Fez beicinho. "Quelo calinho". Começou a sugar o seio da moça. Beraldo expulsou os dois com um taco de beisebol. O casal apaixonado se recupera num pronto-socorro. O Natal é uma ocasião preciosa para se reviver a magia da infância.


Para saberem mais sobre o autor, acesse aqui.

Bem, nem todos os textos sobre Natal são singelos e inocentes. Voltaire adotou um estilo diferente de escrever sobre essa data: o irônico. Rsrs! Bjs nossos! Boa noite!

Nenhum comentário: