domingo, 31 de outubro de 2010

Eu jogo os dados para o lado

Eu jogo os dados para o lado:

não vou lidar com jogos de interesses,

viro a noite do avesso

e não há nenhum tropeço que me 

faça perder o tino.

Não há uma decisão,

mas apenas uma vontade tácita

de um novo começo:

começo a incorporar

um discurso todo meu

que me persegue desde a maturação

da ideia prosaica de dizer

o medo.

Eu não posso controlar destinos,

mas posso prevê-los:

ainda não sei se sou anjo

ou poeta.

Liberta, liberta.
Por Janaina Brum

Jana é uma poeta talentosíssima! Ela mantém um blog na net: Entre a loucura e a arte (aqui). Como vamos comentar a respeito de blogs no marcador "Blogs legais", por enquanto, vale o suspense, hehe!


Bj!!! Augusto e Tê!

Nenhum comentário: