sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Escrever cartinhas ao Papai Noel está "fora de moda"????!!!

Bem, essa não é a opinião partilhada pelas colaboradoras do Instituto Alana (aqui), uma das organizações mais combativas relacionadas ao consumismo e à infância. Leiam o texto e poderão ver o porquê. É sempre bom lembrar o assunto, sobretudo nesta época do ano e em tempos de publicidades como a do Laptop da Xuxa (aos que "tiverem estômago", há um vídeo sobre isso: aqui).


"Sobre os mais valiosos presentes

O ato de presentear pressupõe um vínculo anterior. Momentos especiais como o Natal nos levam a lembrar com carinho daqueles que fazem parte do nosso dia a dia. Aquelas pessoas que tornam nossa vida mais bonita e gostosa. O Natal é um momento muito especial de reflexão espiritual. É também o marco do fim de um ciclo, uma oportunidade de renovar os laços com aqueles que amamos, de fazer uma pausa para brindar pessoas especiais com as quais não podemos ter contato ao longo do ano.

Na medida em que o Natal se aproxima, vemos as vitrines das lojas se pintarem de vermelho e verde. Um turbilhão de mensagens publicitárias começa a nos assediar, convocando cada um de nós a comparecer ao shopping mais próximo, onde supostamente encontramos a magia e a felicidade que a data propõe. 

As crianças sofrem o mesmo impacto da publicidade, que se intensifica na medida em que não possuem experiência suficiente para compreender que a própria felicidade não depende necessariamente da aquisição de todos os impressionantes brinquedos que o mercado lhe oferece. 

Se é difícil para nós, adultos, resistir a algumas tentações e olhar criticamente para a publicidade, imagine para os pequenos! 

É claro que as lembranças de Natal simbolizam em diversos níveis o carinho que temos por aqueles que desejamos presentear. A expressão do afeto começa no instante em que pensamos no nosso amigo querido para escolher um agrado, que compartilhe de forma sincera nossos votos de felicidade. Escolhemos aquela peça especial que mais combina com a pessoa a quem se destina. Nesse momento, paramos para pensar sobre ela e sobre o vínculo que nos une. Isso torna o presente único e memorável. E o momento da troca registra, de fato, um ciclo; marca uma história.

Quando convidamos nossas crianças a escreverem para o Bom Velhinho uma carta de natal essa não deveria uma mera lista de presentes que gostariam de ganhar no Natal. Assim massificamos o processo de presentear, excluímos a possibilidade de surpreender e diminuímos de forma significativa o real sentido desta troca.

O presente da lista não reflete o vínculo, uma vez que ela é operada da mesma forma que uma lista de compras de supermercado, subtraindo a reflexão que o momento propõe. Esse processo leva a criança a criar expectativas sobre os bens que irá adquirir de modo que ela começa a se atentar para tudo aquilo que lhe é oferecido, brincando de listar os produtos que mais lhe impressionam. Esse consumo é sem reflexão, estimulado pela enorme vontade dos pais de atender ao capricho desejo de seus pequenos, com esperança vã de provar-lhes o quanto são queridos.

Se a lista de Natal cria demanda por objetos supérfluos, as cartinhas de Natal fazem a criança refletir sobre as relações, e até exercitarem a imaginação, entrando em contato com a magia da generosa figura do Papai Noel, o bom velhinho que distribui presentes para crianças de todo o mundo em uma única noite. Neste Natal, tente deixar de lado a listinha de presentes e ao invés de percorrer o shopping durante horas em busca dos itens da lista, dedique mais tempo para resgatar o significado do ato de presentear. Confeccione, junto às crianças, cartões de Natal ou lembrancinhas para brindar familiares e pessoas próximas que sejam importantes para sua família. Pense nessas pessoas amadas e dedique a elas suas melhores palavras e seus talentos mais singulares. Este será, sem dúvida alguma, o mais valioso presente.

Compartilhe essa energia rica e alegre com as crianças."

Por Roberta Nardi e Fernanda Becker, em 14/12/2010. 

Para conhecerem o trabalho desenvolvido pelo Projeto Espaço Alana, acessem aqui e "passeiem" demoradamente pelo site. Vale a pena...a menos que queiramos ver fotos cada vez mais chocantes como a acima e a do post anterior...! Desejamos-lhes uma excelente noite! Bjs "nossos"!

Nenhum comentário: